blog

Experiencia Somática (SE)

SEO que é trauma?

De acordo com Peter A. Levine, criador do método SE – Somatic

Experiencing® – trauma é uma resposta de defesa incompleta, altamente

ativada, em termos de mobilização do organismo, e que ficou congelada no

tempo. Padrões específicos de intensa carga energética estão intrinsecamente

associados ao trauma e dele são constituintes. Seus sintomas decorrem de

tentativas de reter e administrar essas cargas intensas, que são inerentes ao

instinto de sobrevivência e aos impulsos mais poderosos que o corpo pode

produzir.

O trauma acontece quando a capacidade adaptativa do organismo é forçada

além de suas possibilidades de autorregulação – o sistema nervoso se

desorganiza e não consegue recompor-se. Mesmo quando o trauma não dá

sinais mais óbvios, o registro somático de sua presença no corpo pode eclodir

muito depois, inclusive a partir de episódios aparentemente insignificantes.

» As possibilidades de cura do trauma

Os sintomas do trauma não são causados pelo evento ameaçador em si. Estão

relacionados à energia residual que ficou acumulada no corpo devido à

impossibilidade de uma resposta biológica de luta, fuga ou congelamento

diante do perigo. A traumatização ocorre quando não podemos defender a nós

mesmos, ou por testemunharmos ameaça à vida ou à integridade psicológica

de outras pessoas, marcadamente nossos entes queridos.

O trauma pertence à esfera do que é primário no ser humano. Curá-lo ou transformá-

lo passa, necessariamente, por permitir que padrões de ação não conscientes e

biologicamente determinados aconteçam no corpo, seguidos da descarga gradual da

energia retida. Em essência, o método Experiência Somática é um facilitador desse

processo. Seus princípios e técnicas de comprovada eficiência têm conduzido milhares

de pessoas à restituição de uma vida plena

As vantagens em receber tratamento e prevenção ao trauma

A partir dessa compreensão do fenômeno traumático que Levine nos propicia,

muitos horizontes se abrem para o aprimoramento profissional e  o

desenvolvimento de carreira.

Abordar o trauma em sua essência de mecanismo inadaptado e aprender as

técnicas que dão suporte ao organismo no retorno à autorregulação natural é

um processo transformador. De várias maneiras ele se torna mais

humanamente qualificado,